O tiro certeiro de Luan Santana com seu novo álbum, “1977”.

luan-santana-1977

No mês passado (Novembro/2016), o cantor Luan Santana lançou em todas as plataformas musicais seu novo projeto: o álbum “1977”.

Cheio de referências à cultura da música pop – sem deixar o sertanejo de lado – “1977” é um dos maiores acertos do cantor desde o início de sua carreira.

Primeiro, alguns fatos: Luan Santana vive os melhores anos de sua carreira. O cara que cantava “Meteoro” cresceu e mostrou um amadurecimento musical que deixou seu público fiel e satisfeito com seu trabalho.

Antes de lançar o primeiro single do novo projeto, o cantor percorreu o Brasil com 2 turnês que fizeram grande sucesso: “Luan Santana: Acústico” e “A Caixa”, sendo a primeira uma grande influência para a sonoridade dos próximos lançamentos.

“Escreve Aí” foi um dos maiores sucessos nas rádios brasileiras em 2015, ano de lançamento da canção. O clipe do single, que faz parte do DVD acústico do cantor, é o 2º vídeo mais visto do seu canal do Youtube.

Na sequência, Luan também emplacou “Chuva de Arroz” “Cantada”, duas outras canções extraídas do álbum acústico, base do DVD. E adivinha? Mais dois sucessos nas rádios e na internet.

Turnê e singles de sucesso: check. Terreno preparado para o lançamento do 1º single do novo projeto, né?

“Eu, você, o mar e ela” foi uma das coisas mais legais que já ouvi vindo do Luan Santana. Na primeira ouvida, estranhei bastante e achei a música bem confusa. São muitos elementos e muitas referências que, após algumas ouvidas, começam a fazer bastante sentido.

A música começa bem pop e, aos poucos, vai se misturando com elementos do sertanejo universitário. Ponto pro Dudu Borges (produtor da música), que conseguiu realizar essa mistura com maestria.

O clipe também é bem produzido, cheio de projeções e efeitos especiais (com direito à dublagens da música embaixo da água!). E né, gente, clipe bacana no sertanejo já é uma vantagem enorme, pois boa parte dos cantores apenas gravam a performance ao vivo e jogam no Youtube como clipe oficial.

O álbum contém outras músicas solo, como “Dia, lugar e hora” (2º single oficial do projeto), “Butterfly” e “Acordando o prédio”. Porém, tirando as músicas de trabalho, as faixas que se destacam no “1977” são as parcerias com mulheres.

Luan se inspirou em Beyoncé e no “Lemonade” na hora de dar o título ao novo projeto. “1977” foi o nome escolhido pois representa o ano em que a ONU criou o Dia Internacional da Mulher.

Sempre quis trazer um assunto para um disco, e quis celebrar a mulher neste. (Luan Santana em entrevista para o G1)

Dentre as parcerias, a que mais se destaca para mim é sem dúvidas “Fantasma”, dueto com Marília Mendonça (uma das novas queridinhas do sertanejo feminino brasileiro).

A música traz melodias e harmonias super marcantes e é lindo ver como a voz dos dois se encaixam! Ah, e o refrão é um daqueles que vai ficar na sua cabeça por váários dias.

Se já é minha música preferida do Luan? Sim, é.

O cantor disse que procurou mulheres de vários segmentos musicais para dar diversidade ao projeto. Marília representou muito bem o sertanejo feminino e, quem melhor do que Ivete Sangalo pra representar o axé, não é mesmo?

Não posso negar, porém, que é engraçado ver Veveta cantando uma música como “Estaca Zero”. Nos segundos após pensar isso, a estranheza passou e pensei no quanto Ivete consegue ser versátil.

O vídeo de “RG”, dueto com Anitta, foi divulgado a poucos dias e já está fazendo grande sucesso nas redes sociais também.

A canção é uma das mais românticas do álbum e fala sobre as intimidades de um casal que se conhece bem. O vídeo segue o mesmo formato dos outros divulgados com parcerias, com o diferencial de mostrar um pouco dos bastidores das gravações no início.

Além desses três duetos, o álbum também traz “Plano da meia noite”, uma faixa encantadora em parceria com Ana Carolina, “Mesmo sem estar”, com Sandy e “Amor de Interior”, parceria com a atriz Camila Queiroz (que cantou profissionalmente pela primeira vez no projeto).

3o7tkifzm0dq9agu9a

Resumindo: “1977” é um álbum pra todo mundo. Tem canções para público de todas as idades, para quem gosta mais de sertanejo e para quem gosta mais de pop. Um tiro certeiro que vai manter Luan Santana no topo do cenário musical brasileiro por pelo menos mais essa era.


Assista meu cover acústico de “Eu, você, o mar e ela”!

Anúncios

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s